DNA: Sua origem é estelar

Um artigo sobre nossa origem pleiadiana

DNA é a anos um tema muito estudado pela ciência. Fonte de curiosidade de muitos, e eu me incluo neste grupo, o DNA vem se desmistificando ao passo que a ciência evolui assim como conteúdos multidimensionais se tornam acessíveis.

Neste artigo pretendo revelar curiosidades sobre o DNA que você ainda pode não saber. Proponho a leitura deste artigo para aumentar sua consciência e iniciar o processo de se reconhecer como Ser Estelar, como Novo Humano.

Separei este artigo em 4 pontos principais, sendo eles:

1.  Equilíbrio entre o rigor científico e a intuição

2.  DNA: O Símbolo

3.  DNA: Nossa origem como seres estelares

4.  Conteúdo Multidimensional e a relação com o tempo evolucionário

Vamos lá?

1.  Equilíbrio entre o rigor científico e a intuição

Nos estudos da ciência tradicional somente 5% do DNA é reconhecido como material genético caracterizando o restante de “junk” ou lixo. Os cientistas se perguntam: Por que uma parte tão grande do DNA não contém código genético? Perguntas sem respostas são o alimento de rigorosos cientistas. Muitos deles se propõe a estudar o DNA para encontrar curas para doenças, predisposições genéticas e para conhecer mais sobre a complexidade do ser humano. 

O que proponho aqui é ir além dos 23 pares de cromossomos que a ciência reconhece. Ao longo da minha jornada me deparei com conteúdos, leituras, cursos e downloads. Acredito na importância da ciência para o ser humano, assim como na importância de se valorizar a intuição e os talentos inatos. Informações chegam das maneiras mais variadas e são uma mistura de conhecimentos, estudos e canalizações.

Lee Carroll, conhecido por canalizar Kryon, em seu livro As Doze Camadas de DNA, traz a ideia de que parte do nosso DNA é quântico e que dificilmente a ciência possa vir a reconhecer este 24º par de cromossomos pois esta informação vem de outra dimensão. A comprovação científica acontece na 3ª Dimensão e utiliza os artefatos limitadores desta Dimensão, fazendo com que seja impossível entender a totalidade do DNA – que é multidimensional.

Podemos entender da seguinte maneira: 23 pares de cromossomos são originais da 3ª Dimensão, já os demais são multidimensionais, são quânticos. 0 24º par de cromossomos é o elo entre nós e o Novo Humano.

O Novo Humano está dentro de você, cheio de conhecimento pronto para ser RELEMBRADO.

2.  DNA: O Símbolo

“A imagem do DNA reverbera tanto ao nível da estética da própria imagem, como ao do significado que tem enquanto forma reveladora de aspectos intimamente ligados à nossa natureza enquanto seres vivos, sencientes*” (Dr. Todd Ovokaitys) 

*Sencientes = que percebe pelos sentidos. Que recebe impressões.

O símbolo do DNA é uma imagem difícil de se esquecer e é formada por duas espirais. Esta forma de dupla hélice do DNA foi revelada por James Watson e Francis Crick e se tornou uma imagem iconográfica da nossa cultura. Esta descoberta rendeu a Watson e Crick, em 1962, o Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia.

Já Dr. Todd Ovokaitys traz uma abordagem ao símbolo do DNA que o torna ainda mais interessante. Segundo Dr. Todd, o símbolo em espiral reverbera a ideia de ciclo, de profundidade, onde o quando mais se conhece mais se tem a conhecer. É como um mergulho em uma fonte inesgotável de conhecimento em forma de espiral. 

Dr. Todd Ovokaitys sobre o símbolo do DNA“a sua própria forma é uma sugestão de aprendizagem hermenêutica ao longo de ciclos de aprendizagem e desenvolvimento. A dupla hélice cria uma espiral que se estende simultaneamente em ambas direções. O que tem também um paralelo na conhecida máxima hermética de – como acima, também abaixo.”

Muito me toca esta frase de Dr. Todd, pois estamos nós em plena Transição Planetária onde a Terra passa por uma evolução, pela transição da 3ª para a 5ª Dimensão e como falado nos artigos anteriores, nós também estamos passando por uma transição como seres humanos. 

Deseja ler os artigos anteriores? Se sim, clique aqui.

Como acima, também abaixo… ou melhor, como nas estrelas, também na terra: caminho para nos reconhecermos, nos lembrarmos de nossa origem estelar.

3.  DNA: Nossa origem como seres estelares

O ponto em que a ciência e o conteúdo multidimensional concordam é: O DNA é uma fonte de informação organizada. O que cabe a nós é questionar: quais informações estão acessíveis no aqui e agora?

Peggy Phoenix Dubro, criadora e canalizadora da EMF Balancing Technique®, convida-nos a acordar e recordar. No símbolo do DNA Peggy enxerga as Pleiades (grupo de estrelas) e mais do que isso, enxerga nossa origem.

Você consegue ver isto com detalhe neste rápido vídeo:

Muitos já ouviram dizer em documentários e estudos sobre o cosmos que nós, seres humanos, somos feitos mais de estrelas do que da Terra. Peggy diz que somos esta união: Nascidos da Terra e das Estrelas… e que é esta união que nos proporciona o caminho de volta a nossa família estelar. O caminho para nos tornamos um Novo Humano.

É preciso lembrar da nossa origem estelar, de que somos Seres Estelares passando por uma experiência na Terra em forma Humana. Quando ganhamos consciência sobre isso, um Portal de Nova Energia se abre para você.

A história se iniciou quando o Projeto Terra foi inaugurado e cada um de nós se propôs a passar por esta experiência. Fomos orientados pelas Mães Estelares em Lemúria. Nosso DNA que era Pleiadiano, cósmico, multidimensional e extraterreno, foi codificado para estar no corpo humano e no ser que ainda estava para nascer.

Ao entrar na Rede Planetária e adentrarmos a experiência do corpo humano, nossa carga estelar foi encolhida. Nossa capacidade multidimensional foi transformada em 3D.

Nossa primeira encarnação aconteceu em Lemúria, onde aprendemos a viver como humanos. Desde então estamos nesta espiral evolucionária, agregando cada vez mais informações ao nosso DNA, a caminho do despertar do nosso Ser Infinito e Multidimensional. 

4.  Conteúdo Multidimensional e a relação com o tempo evolucionário

Durante toda essa evolução fomos acumulando em nosso DNA nossa ancestralidade e nossa história como ser humano. Em nosso Registro Akáshico Humano temos todas as informações, experiências e aprendizados desde a primeira encarnação em Lemúria.

Conteúdos multidimensionais tem sido oferecido a humanidade com maior frequência e quantidade durante a Transição Planetária. Isto acontece ao passo que Seres Humanos acessam o Registro Akáshico Universal. São Seres despertos e abertos a receber informações, downloads e conteúdos multidimensionais que precisam ser compartilhados pois servem como propulsores da Transição Planetária e do Humano para o Novo Humano.

Grande parte deste conteúdo vem de onde viemos, das Plêiades e das demais estrelas e sistemas estelares. Grande parte desse conteúdo honra nossa origem Multidimensional e nos capacita como Novo Humano.

Entende-se que cada um está no seu tempo evolucionário e que informações são reveladas de maneira particular. O câmbio de conteúdo multidimensional faz parte da evolução e cada vez mais a informação se torna universal.

Ao passo que o conhecimento chega à Terra, é traduzido e decodificado para que seja compreendido pelo Humano em Transição. Muitos vão além da lógica, além do que poderia se imaginar antigamente, mas que se provam essenciais para a atualidade.

Nosso DNA está em evolução e aos poucos vai revelando sua 24ª camada, a camada quântica, onde pulsa nossa qualidade estelar. Esta camada é a responsável pela nossa multidimensionalidade, pela nossa nova etapa de evolução.

A 24ª camada amplia nossa consciência energética e nos relembra da nossa origem estelar, da nossa divinidade e da nossa família estelar.

PERGUNTA-CHAVE

Você está pronto para viver algo que você já viveu mas não se lembra? Está pronto para reencontrar sua família estelar? Está pronto para acessar os conteúdos multidimensionais já disponíveis hoje para você?

O DNA pulsa dentro de você e é a ponte entre você e o Novo Humano. Atenda o chamado e aprenda a viver de maneira mais multidimensional.

Na energia do Amor Infinito, abraços de coração.

Vanessa Queiroz.

Quer falar comigo? Me mande um WhatsApp: